Agência de Social Media - Os jovens nas redes sociais

Os jovens brasileiros nas Agências de Social Media

O crescimento do número de jovens que assumem as funções de “Social Media” dentro das agências de social media têm movimentado o mercado no Brasil e também no mundo. Mas por que será que os jovens se dão tão bem com essa área?

A resposta é simples. Com o avanço tecnológico, o acesso à informação vem sendo facilitado e cada vez mais estamos vivendo no “mundo dos instantes”, onde algo acontece e, segundos depois, todos já sabem. Com isso, as crianças e os jovens de hoje em dia já nasceram praticamente conectados… Alguns acompanharam o avanço da comunicação, como é o caso desses jovens, que se habituaram com os termos “curtir, compartilhar e comentar”. E é justamente isso o que eles sabem fazer muito bem.

Mas é claro que não basta saber mexer no Facebook para ser um bom social media. Boa parte desses jovens acabam escolhendo profissões dentro do cenário digital e, muitas vezes, caem para a área de comunicação social, aperfeiçoando suas técnicas e tornando-se comunicadores ágeis e inteligentes dentro das redes sociais.

Mas esse trabalho não acaba por aí… É necessário um aperfeiçoamento nos estudos para a criação de estratégias eficazes dentro das campanhas para diferentes tipos de mercado. A análise dos dados e a criação dos relatórios se torna parte fundamental para um bom desenvolvimento do trabalho de social media. E é nesse instante que os melhores se destacam. Não basta saber “o que está rolando”… É essencial saber “o que fazer com o que está rolando”.

O que faz um Social Media? Agência de Social Media explica!

O que é um Teste A/B. A Agência Digital Moustache te mostra!

As redes sociais ao passar dos anos

De uma maneira geral, é interessante o papel dos jovens brasileiros nas Agências de Social Media, pois eles trazem a modernidade à comunicação, desenvolvendo novos métodos de transmissão de mensagens e conquistando cada vez mais o público que está cansado de ver o mesmo conteúdo desde sempre. Porém, é importante lembrar que o fato de um jovem “saber fazer” não significa que ele faz perfeitamente. É necessário haver estudo, técnica, aprimoramento, análise e, acima de tudo, RESPONSABILIDADE!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *